SOBRE O BLOG

Green Delights é uma plataforma digital dedicada a alimentação vegetariana, simples e saudável. Nasceu da paixão pela comida e pela fotografia!

Esta página foca-se essencialmente na partilha de conteúdos digitais como receitas, fotografias e vídeos. Workshops e showcookings com receitas 100% vegetais também fazem parte do nosso trabalho.

Apesar das receitas (doces e salgadas) serem sem dúvida as principais publicações do blog, aqui podem ainda encontrar outros conteúdos relacionados com viagens, fotografia, vídeos com “o que eu como num dia”, dicas de meal prep e muito mais.

O principal objetivo é descomplicar a alimentação vegetariana e motivar todos a colocar mais vegetais no prato!

SOBRE A AUTORA

Olá, o meu nome é Francisca e sou autora do blog Green Delights. O meu percurso académico começou com uma licenciatura em Biologia na Universidade de Aveiro. Em 2016 decidi mudar a minha alimentação e adotar um estilo de vida vegetariano. No último ano da licenciatura criei o blog para partilhar a minha paixão pela comida vegetariana. Percebi o quanto gostava de partilhar as minhas receitas e as minhas fotografias. Para aprender mais e melhorar os meus conteúdos fiz 2 cursos online, um sobre fotografia e outro sobre marketing digital. No final da licenciatura decidi fazer um Mestrado em Bioquímica, ramo Alimentar, de modo a combinar os meus conhecimentos científicos com tudo o que queria aprender sobre alimentos e algumas bases de nutrição. Desde que terminei o mestrado dedico-me exclusivamente à criação de conteúdos digitais, para o meu próprio blog ou para marcas/ empresas/ revistas.

Gostarias de trabalhar comigo ou tens interesse em saber mais sobre os serviços que ofereço como criadora de conteúdos digitais? Sabe mais aqui:

SOBRE VEGETARIANISMO

Também acho importante falar um bocadinho sobre vegetarianismo e sobre o porquê de eu ter feito esta escolha.

Para começar, um pequeno esclarecimento sobre os termos! Habitualmente quando alguém não come carne nem peixe (ainda que consuma lacticínios e ovos) referimo-nos a essa pessoa como vegetariana, no entanto o termo mais correto seria ovolactovegetariano. Um vegetariano estrito ou simplesmente vegetariano não consome qualquer produto alimentar de origem animal. O termo vegan já se refere a um estilo de vida que vai muito além da alimentação e que pretende evitar a exploração animal nas mais diversas áreas como a cosmética, vestuário, entre outras.

PORQUÊ?

No meu caso, a transição para uma alimentação vegetariana foi muito gradual e nem foi planeada. Inicialmente o meu objetivo era apenas reduzir o meu consumo de carne mas percebi que deixei de sentir falta da carne nas minhas refeições e como tal acabei por excluir totalmente a carne e o peixe. As razões que me levaram a querer começar a diminuir o consumo de carne foram essencialmente três: ética, ambiente e saúde.

SAÚDE: Apesar de muitas vezes se associar o vegetarianismo com uma dieta menos saudável com défice de proteínas e vitaminas hoje em dia já se sabe que desde que seja bem planeado, este regime alimentar é adequado para qualquer pessoa e muitos defendem até que é bem mais saudável do que uma alimentação que inclua produtos de origem animal. Fontes de proteína vegetal incluem leguminosas, tofu, seitan, tempeh, frutos secos e sementes, entre outros.

ÉTICA: As razões éticas são possívelmente as que levam mais pessoas a fazer a transição para este estilo de vida. Porque nos identificamos com animais e vemos as suas emoções. Vemos que sentem medo e dor tal como nós. No entanto escolhemos amar alguns animais como cães e gatos e comer outros, porque a nossa sociedade e cultura assim o define. Porque muitas vezes não fazemos a ligação entre o animal vivo e o que está no nosso prato. Mas posso dizer que é fácil optar por uma alimentação com mais compaixão: mais vegetais e menos animais!

AMBIENTE: a agropecuária é uma das indústrias com mais consequências nocivas para o meio ambiente como a desflorestação e a emissão de gases de efeito de estufa. A produção de carne e latícineos exige ainda grandes quantidades de água e terreno. A produção de 1 simples hambúrguer de vaca, por exemplo, pode exigir 2 498 LITROS de água, o que equivale a tomar banhos por cerca de 2 meses. 

Fonte: http://www.sociedadevegan.com/wp-content/uploads/2015/02/image2.jpg

Com o meu blog e com este texto sobre vegetarianismo o meu único objetivo é informar e mostrar que uma alimentação plant-based pode ser deliciosa, nutritiva e descomplicada. Podemos todos beneficiar se incluirmos mais alimentos de origem vegetal no prato e reduzirmos o consumo de carne portanto espero que se inspirem nas receitas e no estilo de vida que partilho por aqui!

Alguma sugestão ou questão?

Envia um e-mail para greendelights@sapo.pt! 🖤