Nutella, impossível não amar não é? Eu sempre fui a pessoa que comia nutella não no pão, mas diretamente à colherada… tenho de admitir! Mas de há uns anos para cá já começam a ser muito raras as vezes que como, até porque quando uma pessoa se começa a aperceber da composição de certos alimentos, começa a vir o peso na consciência… Infelizmente o creme para barrar de avelãs e chocolate da conhecida marca nutella tem apenas 13% de avelãs e 7% de cacau…aliás, na minha opinião deveria chamar-se creme para barrar de açúcar refinado e gordura de palma já que esses são os ingredientes presentes em maior quantidade… para além de que não é adequada a vegans ou a intolerantes à lactose pois contém leite em pó…

E eu nem queria entrar muito na temática do óleo de palma aqui, mas deixo aqui só esta nota muito rápida sobre esta questão: em primeiro lugar as florestas tropicais são queimadas para serem substituídas por árvores de óleo de palma, eliminando todos os  habitats, animais e plantas que cruzam o seu caminho; e por outro lado este óleo ainda tem um teor mais elevado de gorduras saturadas do que outros óleos e é altamente processado e desprovido de vitaminas e nutrientes. Por isso podem perceber que se conseguirmos evitar o óleo de palma, melhor! Se quiserem saber mais sobre esta problemática, posso escrever uma publicação só sobre o assunto, ou então podem ler este artigo.

Agora óleo de palma à parte, tendo a oportunidade de fazer um creme para barrar, bem mais saudável, vegan e com ingredientes naturais  porquê não? Não posso dizer que o sabor é exatamente igual porque na minha opinião é melhor! Sentir o sabor da manteiga de avelã natural e do cacau cru…para mim, este é o creme para barrar mais delicioso que pode haver!

Este creme tem apenas 4 ingredientes maravilhosos na sua composição e só precisam de um processador de alimentos e alguns minutos livres para o fazer! Utilizei avelãs, cacau cru (que, como não é exposto a altas temperaturas, conserva mais ingredientes que o cacau que vemos habitualmente nos hipermercados), extrato de baunilha e geleia de arroz… queria só deixar aqui uma nota sobre este quarto ingrediente pois a geleia de arroz não é muito doce (como mencionei na publicação sobre alternativas ao açúcar refinado) por isso quem gostar de coisas mais docinhas aconselho a utilização de agave ou maple syrup, ou então podem ainda usar açúcar de coco, mas como este é um adoçante sólido, podem precisar de adicionar mais água ou até um pouco de óleo de coco derretido para chegar à consistência ideal!

Ingredientes:

  • 3 chávenas de avelãs
  • 3 colheres de sopa de cacau cru 
  • 1/2 colher de chá de extrato de baunilha
  • 4 colheres de sopa de geleia de arroz (ou agave, ou maple syrup)
  • 1/2 chávena de água*

Comece por torrar as avelãs no forno a 200ºC, durante cerca de 10-15 minutos. Quando estiverem tostadinhas e a pele sair facilmente, coloque as avelãs num pano limpo, e esfregue-as bem até ficarem praticamente todas sem casca.

Depois coloque as avelãs torradas e sem casca num processador e vá processando até obter uma manteiga de avelã cremosa. Este processo pode demorar alguns minutos e deve parar ocasionalmente para mexer a mistura com uma espátula antes de continuar a processar. Quando tiver a uma manteiga cremosa adicione o cacau, a baunilha e a geleia de arroz ou outro adoçante à escolha. Processe novamente até ficar tudo bem envolvido e prove para ajustar os sabores, adicione mais adoçante ou até uma pitada de sal se achar necessário.

*Quanto mais adoçante utilizar, e quanto mais espesso for (a geleia de arroz é bastante mais espessa do que maple syrup, por exemplo) mais denso irá ficar o creme de avelãs e cacau por isso vá adicionando àgua aos poucos e processando, até obter a consistência ideal. Eu utilizei no total 1/2 chávena de água.

Guarde num frasco fechado ou num recipiente com tampa no frigorífico até 3-4 semanas!

Notas:

  • Quem não for muito fã do sabor do cacau que é bastante amargo, pode utilizar ~100g de uma pasta de chocolate derretido, e em contapartida reduzir ou simplesmente não adicionar qualquer tipo de adoçante!
  • Aqui servi numa fatia de pão torrado com morangos e amêndoas laminadas, mas também podem usar em bolos, panquecas, crepes, waffles, croissants, bolachas, no que quiserem basicamente!

Bons deleites!

Também pode gostar de:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.